Sinistro

24 de julho de 2010

 

Se acontecer, o que fazer quando houver o sinistro?

  • Faça sempre um Boletim de Ocorrência.
  • Em caso de roubo de veículos, descreva no “BO” todos os detalhes.
  • Guarde notas fiscais, manuais e outros documentos que provem a existência dos bens segurados. No caso de furtos ou roubos a residências, isso é fundamental.
  • Em casos de incêndio, explosão, queda de raio, quebra de vidros, danos causados a terceiros pelos moradores da casa, o segurado deve informar o acidente imediatamente. Se isso não for feito, a companhia reduzirá o valor da indenização se julgar, por exemplo, que os bens foram deteriorados por chuvas.

Importante:

Em qualquer situação, contate imediatamente a Corretora de Seguros, com a experiência, vai orientá-lo para que o efeito do evento seja minimizado e atuará para que os prejuízos sejam rapidamente indenizados pela seguradora.

Quais os Procedimentos nos sinistros mais rotineiros?

Bati o carro, e agora?

Anote o nome da rua, e um ponto de referência do local onde aconteceu o acidente. Não esqueça de anotar, também, o horário. Ligue para o seu corretor/seguradora. Você terá que responder a três perguntas básicas:

  1. Necessita de reboque?
  2. Há terceiros envolvidos? Se a resposta for positiva é muito importante anotar a placa e o tipo do carro.
  3. O boletim de ocorrências foi feito? No boletim de ocorrência, descreva o acidente exatamente como aconteceu. Envolvendo terceiros, este só será atendido pela sua seguradora quando tiver o boletim em mãos. Compareça à sua seguradora ou a sua corretora para dar entrada no aviso de sinistro, com o RG, DUT (documento do veículo) e a Carteira de Habilitação, mesmo que o seu veículo não tenha sofrido nenhum arranhão a sua seguradora fará uma vistoria.

Bateram em meu carro, e agora?

O primeiro e o segundo passos serão os mesmos da situação anterior. Neste caso, no entanto, você será o “terceiro”, e só será atendido pela seguradora do culpado quando tiver o boletim de ocorrências em mãos. O motorista que causou o acidente deverá se apresentar à seguradora ou corretora dele, para dar entrada no aviso de sinistro.

Bateram em meu carro, mas não pagaram o conserto.

Se isso acontecer, você deverá seguir os mesmos passos descritos no caso “Bati o carro”. A sua seguradora fará o serviço e você deverá pagar a franquia. O motorista responsável pelo acidente deverá ser acionado pela Justiça para ressarci-lo dos danos causados.

Bateram em meu carro e fugiram. Como agir?

Se você não pegou o número da placa, compareça à sua seguradora ou corretora, portando RG, DUT e Carteira de Habilitação, e dê entrada no aviso de sinistro. Não esqueça de anotar o local do acidente e o horário em que ocorreu. Neste caso você pagará a franquia. Se você pegou o número da placa, deverá ir ao DETRAN dar queixa. Depois, siga os passos descritos no caso “Bateram em meu carro, mas não quiseram pagar o conserto”.

Meu carro foi roubado. O que faço?

1. Vá imediatamente a uma delegacia e faça a ocorrência do roubo.

2.  Comunique a corretora o ocorrido.

3. Compareça ao escritório da corretora com o Boletim de Ocorrência e documentos do veículo e pessoais para a abertura de um processo para seu bem ser indenizado.

Camargo e Lima Corretora de Seguros Ltda.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 34 outros seguidores